Sila Tarot: Mitos do Tarot! Verdade ou Mentira?

26-10-2021

1. Apenas alguém com poderes especiais pode ler o Tarot.
 Qualquer pessoa pode ler o Tarot, desde que tenha o conhecimento necessário, para ler e interpretar as cartas de forma séria e criteriosa. Com a prática, desenvolve-se a intuição de forma a conseguir ler-se o que um lançamento de Tarot nos mostra. Nada de sobrenatural e nada de especial neste processo. As cartas apenas "absorvem as energias" e mostram-se aleatoriamente imagens e símbolos de forma a dar-nos uma mensagem. É uma linguagem que se aprende a ler. Cabe a quem lê, saber divulgar e transmitir. Tudo é energia, nós somos energia. A energia está em todos os lugares. Pessoas com intuição naturalmente desenvolvida, terão mais facilidade em compreender o seu significado.

2. O Baralho de Tarot deve ser oferecido.

Isto não é verdade. Tenho muitos baralhos, uns oferecidos e outros comprados. E todos fazem intuir e sentir da mesma forma, independentemente de qual seja o Baralho. Existem vários (Ex: Tarot de Marselha, Rider Waite, Visconti Sforza, etc.) Deve apenas ser consagrado, antes do seu uso.

3. As cartas invertidas têm significados contrários.

Em relação a este assunto, há opiniões controversas. Numa leitura de Tarot, é importante a pergunta formulada, pois a mesma carta, pode ter vários significados de acordo com os diferentes assuntos questionados. Por isso é importante fazer perguntas objectivas, directas e especificas. Existem inúmeras formas de ler e de fazer as tiragens no Tarot. O significado numa leitura, pode variar de acordo com a tiragem executada, e a pré-posição de cada tiragem. É uma escolha individual, pois as cartas podem estar em posição negativa, alterando o seu significado ou podem sair invertidas. Eu pessoalmente, dou relevância, de acordo com a tiragem realizada, a posição das cartas nessa tiragem e á resposta que é obtida, tal como uma linguagem, vejo-as de vários pontos de vista, para obter todas as respostas e significados  e se nessa altura faço ou não a leitura, também com os Arcanos Menores. As cartas dão-nos todas as respostas. É preciso saber vê-las e entendê-las de forma precisa e profunda. 

4. Cada carta tem apenas um significado fixo.

Existem significados padrão para cada carta. Não existem significados fixos, nem cartas boas ou más. Existem contexto e linhas padrões. As cartas dispostas de uma certa forma assumem determinados significados, mas que dependem da intuição, do contexto, da pergunta e de cada caso. 

5. O Tarot permite fazer/quebrar feitiços.

Não. Isso é magia e é para quem a pratica. Quem lê Tarot, não tem necessariamente de praticar Magia. O Tarot não é parte integrante, apenas mostra se existe ou não magia e oferece orientação.

6. O Tarot é uma ferramenta para vermos o futuro.

O Tarot acima de tudo ajuda-nos a olhar para o passado, para o presente e mostra a tendência de evolução de determinados acontecimentos, trazendo-nos clareza, obejctividade, , aconselhamento e orientação, sob uma ou várias prespectivas, para que possamos escolher o melhor caminho para prosseguir.  Revela informações, alertando-nos do potencial desfecho/futuro se continuarmos com a nossa linha de actuação, seja ela boa ou má. Reflecte as energias e para onde se dirigem os acontecimentos actuais, orienta-nos. Responde a todas as nossas questões, medos, ansiedades, duvidas e ajuda-nos a lidar, antever e saber como lidar com determinado problema ou situação, que decorreu ou irá ainda decorrer. Ao entendermos a verdade do que se passa connosco, podemos mudar a nossa conduta, acções e alterar o futuro e a forma como decorrem os acontecimentos, tornando-os favoráveis ao que desejamos. Caso acredite no destino, então terá de aceitar que há determinadas coisas que não se poderão mudar. Mas o caminho até lá, depende das nossas escolhas. Esta orientação é imprescindível, para irmos fazendo a nossa caminhada de uma forma sábia e serena, A Cartomância difere do Tarot e é um melhor oráculo, para prever o futuro. Por isso utilizo ambos, em cada consulta, tornando a consulta mais completa e profunda. 

7. O Tarot necessita de rituais

Há certos rituais que são necessários antes de uma Leitura, mas estão relacionados com a fé e crenças de quem as Lê. Pedir toda a verdade, intuição, a ajuda dos nossos guias espirituais e de Deus. Rezar. Agradecer. Ao Universo, etc. a verdade revelada.

8. Não se pode ler Tarot em determinados locais

Não se deve ler o Tarot em qualquer local, é um oráculo e como tal deve ser tratado com o devido respeito, para que nos dê sempre as correctas e melhores indicações. Não deve ser lido, na presença de outra pessoa alheia á consulta. O local deve ter boas energias, ser inóquo. A presença de outras pessoas (energias) confunde energeticamente uma Leitura de Tarot, relatando por vezes situações da 2ª pessoa e pode confundir a leitura. Por uma questão de sigilo e privacidade, também não se deve fazê-lo. O Tarot deve ser lido num sitio calmo, limpo e com boas energias. Estas conseguem-se através de cristais, limpezas energéticas, rituais, altares, incensos, etc...

9. O Tarot é só papel e por isso não precisa de limpezas energéticas

Errado. O Tarot possui energias como todas as coisas no universo. Até ser consagrado, terá absorvido todas as energias, dos locais e pessoas que lhe tocam, com o passar do tempo. Até esse ponto, nada mais é do que papel. Apenas após a sua consagração, é que estará pronto para leitura. Com o passar do tempo e com o uso, as energias vão-se concentrando e podem dificultar as leituras. É recomendável que se purifiquem as cartas após cada leitura de Tarot, assim como o local onde é feita a Leitura/consulta. Eu costumo cruzá-las em cruz e colocar sobre elas uma cruz de S. Bento (crucifixo) para as proteger de qualquer influência negativa.

MARQUE A SUA CONSULTA Tarot+CartomânciaTlm: 962200062 E-mail: marcarconsultassilatarot@gmail.com ou preenchendo o formulário de contacto, abaixo.